Todos Já Sabem

patreon_mensagem-600x265

NOTA_Cheese Half

NOTA_Cheese NOTA_CheeseNOTA_Cheese

 
Todos Lo Saben, 2018
De Asghar Farhadi. Com Penélope Cruz, Javier Bardem e Ricardo Darín.

O cinema do iraniano Asghar Farhadi (O Apartamento) é formado por personagens complexos e multifacetados dentro de um cotidiano aparentemente comum, que provoca reflexões e sentimentos através de aspectos morais, religiosos e sociais, comuns a grande parte do público. É um estudo da natureza humana. 

Todos Já Sabem é o segundo trabalho do diretor fora do seu país natal, certamente o projeto com elenco mais famoso mundialmente e traz muitas das características já citadas, construindo relações e desenvolvendo a trama com pequenos detalhes. É o filme mais acessível do iraniano. 

Na trama, Laura (Penélope Cruz) retorna à Espanha com seus filhos para o casamento de sua irmã. Por motivos de trabalho o marido não está presente e ao chegar na pequena aldeia onde cresceu, ela reencontra sua família, amigos e entre eles Paco (Javier Bardem), um ex-namorado que não via há muitos anos. Durante a festa, sua filha desaparece e ela recebe uma nota dos sequestradores. Agora, toda a família precisa lidar com a situação, segredos do passado vêm a tona, enquanto as suspeitas recaem sobre alguém entre eles.

Escrito pelo próprio diretor, é interessante como várias informações importantes são apresentadas de maneira despretensiosa e só mais para frente vamos de fato saber a importância delas, o roteiro é todo muito bem amarrado e por mais que tenha um trio principal, o filme ainda desenvolve vários personagens secundários, artifício que ajuda a dar mais veracidade para aquela comunidade. 

O filme tem seus três atos bem divididos, até mesmo pelo tom da narrativa. O primeiro ato é muito eficiente em introduzir os personagens e principalmente estabelecer as relações de carinho, afeto e intimidade entre eles. Se trata de uma aldeia, onde todos se conhecem muito bem e o casamento é o motivo perfeito para reunir a todos em celebração. Alguns detalhes importantes da trama já são sutilmente revelados e o contraste com o que acontece após o sequestro cria um contraponto muito interessante.

Após essa virada na narrativa, o filme ganha contorno de suspense e os problemas entre a família e algumas pessoas da cidade começam a transparecer. Enquanto a imagem que temos de cada personagem começa a mudar, as relações se intensificam com a tensão provocada pelo sequestro e pela chegada de Alejandro (Ricardo Darín). Desse ponto em diante, o longa tinha tudo para virar um dramalhão dos mais rasos possíveis. Isso só não acontece pela qualidade do texto de Farhadi e pele atuação segura do elenco.

A investigação para salvar a menina vai dando lugar ao sofrimento, crescem os conflitos de cunho moral, patriarcal, religioso e social, verdades vão surgindo e em determinado momento a identidade e motivação dos sequestradores chega a ficar em segundo plano. Curioso, é que no momento onde o cinema de Farhadi costuma ser tão poderoso, o filme perde força, ficando um pouco previsível e demasiado longo. O terceiro ato é um pouco irregular, justamente pela falta de elementos que façam a trama progredir e a revelação é um pouco decepcionante, apesar de bem amarrada e verossímil. 

Outro fator importante são as atuações do trio principal. Interpretações repletas de nuances que engrandecem a trama e os personagens. Interessante a química entre Bardem e Cruz, é possível notar uma cumplicidade muito grande entre eles, nada explicito, são pequenos gestos, olhares, tudo nas entrelinhas. Os dois são casados na vida real e conseguem levar essa intimidade para as telas.

Todos Já Sabem é um drama eficiente, o filme mais hollywoodiano do diretor, mas que poderia ser mais visceral, como foram seus últimos trabalhos. A última cena é uma prova disso, mostrando que apesar de todo o ocorrido e das mudanças nas relações, a família segue com seus segredos, até que um dia eles venham a superfície, sobre o contexto de mais uma crise.   

Felipe Fernandes

Curta nossa página no Facebook, Youtube, Twitter e Instagram e participe! Deixe sua opinião sobre o filme neste post ou nos mande um e-mail dizendo se concorda ou discorda da gente, deixando sua sugestão ou crítica: contato@ratosdecinema.com.

Financie nosso canal e contribua pra produção de materiais inéditos:
catarse LOGOPatreon_LOGOPadrim_LOGOCard Affinibox
O Ratos de Cinema em parceria com o PrimePass® traz uma promoção para todos os cinéfilos. Clique e acesse nosso desconto especial para você descobrir um cinema sem limites.