Destaques dos Lançamentos da Semana – 16/04

Fim de semana já batendo a porta e trazendo lançamentos muito interessantes em streaming, para garantir o cineminha em casa. Então prepare a pipoca e boa sessão.

Amor e Monstros

Love and Monsters | Site Oficial da Netflix


Muito elogiado pela cozinha do Ratos de Cinema, Amor e monstros é um deliciosa aventura que conta a história de Joe (Dylan O´Brien), um jovem sem muitas habilidades que vive nos subterrâneos junto a outros humanos, após o mundo ser dominado por insetos gigantes. Ao descobrir que uma antiga paixão está muito próxima a ele, ele foge da segurança do bunker em que vive e parte em uma perigosa jornada para reencontrar sua antiga paixão.


O filme é uma mistura de gêneros, comédia, ação e aventura se misturam tendo o apocalipse como pano de fundo. Um filme leve e divertido, uma ótima pedida para um fim de semana.

Indicado ao Oscar de Melhor Efeitos visuais.

(Love and monsters, 2020), de Michael Matthews. Com Dylan O´Brien, Jessica Henwick e Michael Rooker.

Disponível: Netflix

Saint Maud

Crítica | Saint Maud (A24 | Rose Glass, 2019) - Plano Crítico


Um dos filmes de terror mais elogiados da temporada chega ao streaming. Saint Maud é um terro dramático que fala de religião, devoção, feminilidade, solidão e martírio. Na trama, Maud (Morfydd Clark) é uma enfermeira particular e religiosa fervorosa com um passado traumático, que começa a cuidar de uma ex dançarina que sofre de câncer terminal. Ela vê a sua relação como um chamado religioso para salvar sua paciente do inferno. Então, ela passa a viver estranhas experiências que vão testar sua fé e sua sanidade.


O filme é a estreia da diretora e roteirista Rose Glass em longas-metragens e conta com uma atuação muito elogiada de Morfydd Clark.

(Saint Maud, 2021), de Rose Glass. Com Morfydd Clark, Jennifer Ehle e Lily Knight.

Disponível: Google Play, Youtube e Vivo Play.

Dois Estranhos

Two Distant Strangers | Netflix Official Site


Chega a Netflix um dos curtas-metragens indicados ao Oscar desse ano. O filme usa a batida fórmula do looping temporal para contar a história de jovem cartunista Carter (Joey Bada$$), que todos os dias acorda na cada de sua ficante e ao sair de casa para alimentar seu cão, precisa enfrentar o racismo e a violência policial em uma situação que se repete todos os dias. Um filme muito atual e que provoca reflexão.


Indicado ao Oscar de melhor curta-metragem.

(Two distant strangers,2020), de Travon Free e Martin Desmond Roe. Com Joe Bada$$, Andrew Howard e Zaria.
Disponível: Netflix

Synchronic

Droga com efeitos bizarros e sobrenaturais" na ficção científica 'Synchronic'  | Trilha Do Medo


O novo sci-fi da dupla Justin Benson e Aarom Moorhead (diretores que vêm fazendo fama com sci-fi independentes) é um thriller instigante que conta a história de dois paramédicos que começam a atender casos de acidentes bizarros. Eles acreditam que os acidentes estejam ligados ao consumo de uma nova droga, mas após a filha de um deles desaparecer, eles entram em uma jornada que vai subverter a noção de realidade e de tempo.


Estrelado por Anthony Mackie e Jamie Dornan.

(Synchronic, 2019), de Justin Benson e Aarom Moorhead. Com Anthony Mackie e Jamie Dornan.
Disponível: Apple Tv, Google Play, Youtube, NOW, Vivo Play e OI Play

Radioactive

Radioactive': filme sobre Marie Curie aborda a luta contra o machismo


Chega a Netflix o novo filme da quadrinista, roteirista e diretora Marjane Satrapi (Persépolis). Estrelado por Rosemund Pike, o filme conta a história real do casal Marie e Pierre Curie, casal de cientista que revolucionou a química no final do século XIX ao desvendar o potencial do urânio, de forma a criar a radioatividade.


Satrapi produz uma estética diferente, cria sequências criativas e bonitas, permitindo ao filme ir além da cinebiografia padrão. Uma curiosidade, Marie Curie, é a única pessoa a ganhar o prémio Nobel duas vezes.


Estrelado por Rosemund Pike, Sam Riley, Yvette Feuer e Anya Taylor-Joy.

(Radioactive, 2021), de Marjane Satrapi. Com Rosamund Pike, Sam Riley, Yvette Feuer e Anya Taylor-Joy.
Disponível: Netflix

Esperando os bárbaros

À Espera dos Bárbaros (Waiting for the Barbarians) - Plano Crítico


Após a indicação ao Oscar de O abraço da serpente, o diretor colombiano Ciro Guerra ganhou o mundo e chega ao streaming com sua primeira produção ítalo americana. Com um elenco estrelar com Mark Rylance, Robert Pattinson e Johnny Depp, o filme trata da violência e da crueldade humana, usando o colonialismo, o imperialismo e a destruição de culturas para fazer um estudo das relações de poder entre diferente povos.


É um filme de visual impressionante, com uma fotografia e um design de produção muito elegantes, que deve agradar ao público que gosta de filmes históricos, de ritmo mais lento e que provocam reflexão.

(Waiting for the barbarians, 2019), de Ciro Guerra. Com Mark Rylance, Robert Pattinson e Johnny Depp.
Disponível: Apple Tv, Google Play, Youtube, NOW, Vivo Play e Sky Play.

Deixe sua opinião sobre os filmes neste post ou nos mande um e-mail dizendo se concorda ou discorda da gente, deixando sua sugestão ou crítica: contato@ratosdecinema.com.

Assine nosso canal e tenha benefícios exclusivos!

catarse LOGO

Além disso, não deixe de curtir nossa página no Facebook, Youtube, Twitter e Instagram e participar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s