Destaques dos Lançamentos da Semana – 11/08

Salve rataria, sextou no Ratos de cinema e é hora de conhecermos os grandes lançamentos da semana nos cinemas e no streaming. Na tela grande, finalmente chega o elogiado slasher da A24. X: A Marca da Morte conta a história de uma produção de filme pornô que se isola em uma fazenda e acabam tendo de lidar com o estranho casal de idosos donos da propriedade, que começam a ter estranhos comportamentos após descobrir a verdadeira natureza da gravação. A fera traz Idris Elba como um pai e marido enlutado, que viaja com as filhas para a África do Sul buscando um recomeço para família e acaba precisando lutar pela sobrevivência contra um leão furioso, sobrevivente da caça ilegal. Papai é Pop é um filme nacional que traz Lázaro Ramos, como um pai de primeira viagem, que precisa ressignificar seu papel como pai, já que ele cresceu sem uma figura paterna em sua vida. Pacificado é um premiado longa nacional que narra a história de pai e filha que tentam se conectar após anos de separação, durante a pacificação da favela que acontece no período das olimpíadas do Rio de Janeiro. Fechando os lançamentos do cinema, Clara Sola é uma premiada produção que narra o despertar sexual de uma mulher no interior da Costa Rica. Uma jornada para se libertar das convenções sociais e religiosas.

Na Netflix, chegam a mistura de ação com comédia Jornada dupla, que conta a história de um pai caçador de vampiros, precisando fazer dinheiro para pagar as contas de sua filha. Estrelado por Jamie Foxx. E o suspense espanhol Código Imperador, que conta a história de um agente secreto que tem como missão incriminar um político íntegro. Na Hbo Max, chega A Porta ao Lado, estreia do ator Daniel Brühl como diretor, que narra o encontro de um famoso ator com um fã misterioso, que aos poucos parece ser muito mais do que aparenta.

X: A Marca da Morte

Finalmente chega aos cinemas brasileiros o elogiado slasher da A24 que se passa no final dos anos 70 e conta a história de um grupo de jovens cineastas e artistas, liderados pelo diretor Wayne (Martin Henderson) e pela estrela em ascensão Maxine (Mia Goth), que para realizar um filme pornô, decidem alugar uma casa distante na zona rural do Texas. Os donos, são vizinhos idosos, meio estranhos, que não sabem a verdade sobre o estilo do filme. O pesadelo começa quando o conteúdo erótico da produção parece despertar a atenção dos proprietários. É quando o comportamento misterioso deles ganha contornos assustadores. Agora, o medo toma conta da equipe, cada vez mais convencida de que o perigo é real.

X (2022). De Ti West. Com Mia Goth, Martin Henderson, Jenna Ortega e Brittany Snow.

Disponível: Cinemas

A Fera

Em A Fera, Dr. Nate Daniels (Idris Elba) é um homem em luto. Após perder a esposa, ele decide retornar à África do Sul, local onde conheceu sua falecida esposa, para passar férias há muito planejadas com suas duas filhas Meredith (Iyana Halley) e Norah (Leah Jeffries) em uma reserva natural administrada pelo velho amigo da família Martin Battles (Sharlto Copley). Mas esse momento de recuperação em família se transformará em uma luta pela sobrevivência quando um leão, único sobrevivente de caçadores ilegais, começa a devorar qualquer humano em seu caminho.

Beast (2022). De Baltasar Kormákur. Com Idris Elba, Iyana Halley, Leah Jeffries e Sharlto Copley.

Disponível: Cinemas

Papai é Pop

O novo filme do diretor Caito Ortiz, conta uma história de paternidade. Tom (Lázaro Ramos), foi criado pela dedicada mãe Gladys (Elisa Lucinda), que o criou sozinha, sem a presença de uma figura paterna. Já adulto, Tom vai ser pai ao lado da esposa Elisa (Paolla Oliveira). Mesmo sem referência do papel que deve cumprir, Tom descobrirá aos poucos as alegrias de ter uma família e ao ser um pai presente, vai ressignificar o que a figura paterna significa em sua vida.

Papai é Pop (2021). De Caito Ortiz. Com Lázaro Ramos, Paolla Oliveira e Elisa Lucinda.

Disponível: Cinemas

Pacificado

Vencedor do Prêmio da Audiência da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o filme conta a história de Tati (Cassia Gil), uma menina introspectiva de 13 anos que luta para se conectar com seu pai Jaca (Bukassa Kabengele), um homem recém-saído da prisão, com quem ela quase não teve contato. Enquanto a polícia “pacificadora” luta para ocupar as favelas ao redor do Rio, eles precisam navegar entre as forças que ameaçam suas esperanças para o futuro.

Pacificado (2019). De Paxton Winters. Com Cassia Gil, Bukassa Kabengele, Débora Nascimento e José Loreto.

Disponível: Cinemas

Clara Sola

Indicada a Câmera de Ouro no Festival de Cannes e vencedor do Prêmio do Júri na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, a produção conta a história de Clara (Wendy Chinchilla Araya), uma mulher retraída que mora num pequeno vilarejo no interior da Costa Rica. Aos 40 anos, ela experimenta um despertar místico de sua sexualidade quando começa uma jornada para se libertar das convenções sociais e religiosas e se tornar dona de sua sexualidade e habilidades recém-descobertas.

Clara Sola (2021). De Nathalie Álvarez Mesén. Com Wendy Chinchilla Araya, Ana Julia Porras Espinoza e Daniel Castañeda Rincón.

Disponível: Cinemas

Dupla Jornada

O grande lançamento da semana na Netflix, conta a história de Bud (Jamie Foxx), um pai trabalhador que só quer dar uma vida boa para sua filha de 8 anos. Seu trabalho de limpeza de piscinas é uma fachada para sua fonte real de renda, a caça e matança de vampiros. Após a situação sair do controle, ele só tem uma semana para conseguir o dinheiro para pagar suas contas. Manter a vida em dia pode ser extremamente perigoso.

Day Shift (2022). De J.J. Perry. Com Jamie Foxx, Dave Franco e Natasha Liu Bordizzo.

Disponível: Netflix

A Porta ao Lado

Indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlin, a estreia do ator Daniel Brühl como diretor, conta a história de Daniel (Daniel Brühl), um famoso ator alemão, prestes a conseguir seu primeiro papel numa produção de super-heróis em Hollywood. Antes de viajar para o aguardado teste de elenco, ele frequenta um bar de Berlim onde Bruno (Peter Kurth), um fã, o reconhece. No entanto, o sujeito passa a confrontá-lo por seus filmes ruins e sua vida de vaidades. Aos poucos, o estranho cliente do bar revela possuir informações secretas sobre Daniel, fazendo com que os dois entrem em um jogo de verdades e mentiras.

Nebenan (2021). De Daniel Brühl. Com Daniel Brühl, Peter Kurth e Rike Eckermann.

Disponível: HBO MAX

Código Imperador

Nesta produção espanhola que chega na Netflix, Juan (Luis Tosar) é um agente que trabalha para o serviço de inteligência da Espanha e mantém em paralelo, uma unidade de atividades ilegais. Para sua próxima missão, ele precisa incriminar um político íntegro. Agora Juan precisa decidir até onde sua moral lhe permiti ir, para completar sua difícil tarefa.

Código Emperador (2022). De Jorge Coira. Com Luis Tosar, Alexandra Masangkay e Georgina Amorós.

Disponível: Netflix

Deixe sua opinião sobre os filmes neste post ou nos mande um e-mail dizendo se concorda ou discorda da gente, deixando sua sugestão ou crítica: contato@ratosdecinema.com.

Assine nosso canal e tenha benefícios exclusivos!

catarse LOGO

Além disso, não deixe de curtir nossa página no Facebook, Youtube, Twitter e Instagram e participar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s